Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Independente A máquina de triturar políticos

De volta e com grandes novidades

Decidimos não dizer nada durante este tempo todo para dar tempo para lerem "O Independente - A máquina de triturar políticos". Gostaram? Bom, na verdade estávamos mesmo à espera de uma grande notícia para vos dar e lembrar aqueles que ainda não compraram o livro que está na hora de o fazerem. Bem, na verdade não foi nada disto. Quisemos mesmo dar descanso a toda a gente. Mas eis que surge um grande motivo para voltarmos a estar aqui: finalmente a FNAC partilhou a nossa apresentação do livro. Sei que estão desejosos para ouvir o que o Filipe tem para contar e as piadas secas que esta que vos escreve tentou fazer. Mas imperdível mesmo são as palavras do João Miguel Tavares e do Ricardo Araújo Pereira. Podem ver aqui.

"Quando Portas não dormia em casa por causa de processos" - O Independente no Público

Com atraso, mas sempre a tempo. O Paulo Pena escreveu sobre o Independente - A máquina de triturar políticos no dia em que lançámos o livro em Lisboa. Na véspera de lançarmos no Porto, recordamos o que saiu no Público sobre nós. O Paulo explorou um ângulo diferente de outros jornais, pondo a lupa na relação umbilical entre o jornal - ou seja, neste caso de Paulo Portas, com a formação de uma nova direita em Portugal. O título parte de uma pequena história do ex-vice-primeiro-ministro, mas a peça conta mais do que essa história - vai ao pormenor político de como criou o "seu" CDS.

 

"Da “peuguinha branca” às “unhas compridas do dedo mindinho” dos ministros de Cavaco, raros foram os que, como Dias Loureiro, escaparam às tintas carregadas deste “projecto jornalístico e político”. Como jornal, O Independente inovou, evangelizou, conquistou. Como política, falhou quase sempre. Na época. Hoje, passados exactamente 20 anos da saída de Portas, a história é outra. A direita uniu-se, Portas faz campanha entre as bases do PSD, Cavaco contribuiu para a união. E Marcelo Rebelo de Sousa é o candidato mais bem colocado para manter a Presidência."

Podem ler aqui no site

 

publico.png

 

 

"Agarra o Diz". A história do secretário de Estado que antes de o ser, já não o era

A história mete uma tomada de posse em novembro no Palácio da Ajuda, um "ajudante de ministro" que era militante do PS, Cavaco Silva a metê-lo fora do Governo. Esta poderia ser uma das histórias da tomada de posse desta quinta-feira do Governo de António Costa. Afinal, Jorge Oliveira, o secretátio de Estado da Internacionalização (curioso, hein?) não tomou posse, porque não conseguiu fazer a viagem do outro lado do mundo até a Lisboa a tempo. Os ingredientes são os mesmos, os predicados que fazem a história, não.

De volta a 1991. Cavaco Silva era então o primeiro-ministro que ia assistir à posse dos secretários de Estado da sua segunda maioria absoluta.Henrique Diz era o secretário de Estado da Ciência e Tecnologia. O homem tinha um currículo brilhante, mas tinha um problema com um número: 155.427. Não que os dígitos tivessem alguma deficiência especial para o economista Cavaco, mas tinham um anomalia política que lhe carimbaram a saída do Governo antes da sua entrada. Era o número que Henrique Diz tinha como militante do PS.  

Ora Diz era de Aveiro e a nulher tinha ido a Lisboa de propósito para a tomada de posse. Antes da cerimónia, o futuro secretário de Estado tinha ido buscar a mulher à estação de Santa Apolónia quando se derenrola a trama: Cavaco tratou de pôr um ministro para agarrar o Diz e se ele fosse mesmo socialista, então estaria fora do Governo. Assim foi. Diz que com isto tudo, Diz já não foi secretário de Estado.

 

911108_DSC05377.JPG

 

 

"A grande novidade" de Marques Mendes

O Independente saía à sexta-feira, o livro sairá na próxima quinta, mas é a "grande novidade" deste domingo. 

Marques Mendes divulgou o nosso livro, esta noite, no comentário habitual no Jornal da Noite da SIC. Assim que o link ficar disponível, colocaremos aqui para quem não conseguiu ver. 

Já falta pouco :) 

IMG_2536.PNG

IMG_2535.PNG

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Posts mais comentados

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D